fui sequestrado por alienígenas

fui sequestrado por alienígenas ditadores e, enquanto vivo neste ambiente inóspito, distante e hostil, sou obrigado à sobrevivência de modos não convencionais; por isso, trabalho cerca de 86 horas por dia, com minutos de intervalo entre uma jornada e outra. … Continuar a ler fui sequestrado por alienígenas

1ª semana do anno

a primeira semana do ano, ninguém quer saber de nada, de porra nenhuma – e eu estabeleci minhas metas para este ano, são elas: 1 – aprender o mínimo de alemão 2 – aprender francês 3 – aprender uma língua … Continuar a ler 1ª semana do anno

7 vídeos do Hermes & Renato que todo brasileiro deve verdes

eu já prestei homenagens ao Hermes & Renato quando Fausto Fanti se matou e, realmente não ligo que num momento mudaram o nome para ‘Banana Mecânica’, então aqui vai um compilado de vídeos que eu acho indispensáveis à trajetória do … Continuar a ler 7 vídeos do Hermes & Renato que todo brasileiro deve verdes

há um golpe em curso – e não há nada que você possa fazer para detê-lo!

fui informado hoje de que forças contrárias à minha estimada pessoa resolveram, por motivos maiores – e sem a devida legalidade – me afastar do comando do meu blog! os motivos não estão claros, mas ajudam a esclarecer algumas coisas: pois … Continuar a ler há um golpe em curso – e não há nada que você possa fazer para detê-lo!

Minimal Instagram – 7 fotos CABULOSAS retiradas de lá

a minha nova temática don Instagram inclui tentar explicitar em elementos mínimos o cenário urbano no qual vivemos; a cidade, sempre complexa, em diversos elementos, traduz a metrópole num propósito extremamente contrário ao mínimo: que na maioria, na soma, se faça … Continuar a ler Minimal Instagram – 7 fotos CABULOSAS retiradas de lá

Black Starman Bowie – ou: porque perdemos a maior estrela do século

Eu demorei para escrever este texto por vários motivos e, dentre eles, alguns principais: o fato de estar, mais uma vez, postando simultaneamente em dois blogs – o que me levava a tratar sobre o mesmo tema com duas razões … Continuar a ler Black Starman Bowie – ou: porque perdemos a maior estrela do século

da liberdade cultural; ou o produto que não existe

apresentar a cultura livre é ainda um grande choque argumentativo; conceber uma proposta longe do retorno capital para um suposto produto é, para muitos, a realidade mais extrema possível: não deveria existir e ponto. pagar, ou seja, a devolução financeira … Continuar a ler da liberdade cultural; ou o produto que não existe

O paradoxo do tempo e a linguagem como forma de interpretação entre passado, presente e futuro

Este foi um pensamento que eu comecei a escrever estes dias e, casualmente, enquanto escrevia acabei lendo este texto (clique aqui) que dizia mais ou menos o mesmo, só que de uma maneira melhor e de gente conceituada na área. … Continuar a ler O paradoxo do tempo e a linguagem como forma de interpretação entre passado, presente e futuro