3

a Olimpíadas e eu: abstrato

em ritmo de fiesta dos desportos e com todo este clima que está rolando na cidade Olímpica de São Sebastião do Rio de Janeiro, com nossa primeira medalha de ouro para a nascida e criada na Cidade de Deus, Rafaela Silva, nosso moleque de prata Felipe Wu e os outros que virdirão, eu sigo numa sina de acompanhar mil modalidades desportivas sem zero tempo para postar; sem, no entanto, esquecer de vociêzes, eu vou VENDER MEU PEIXE, outra vez, depois das fotos minimalistas, postando outro tipo de imagens que eu tenho gostado de fazer: as fotos abstratas. utilizando o recorte de momentuns urbanos de forma a vislumbrá-los com um olhar pra lá de… estranho, divergente, a ideia é que estas cenas se apoiem em outro significado – ou nenhum -, para expressar um sentimento novo através de sua dupla visão: a primeira, sendo o que são – e não aparente. a segunda, no que se imagina. sem mais e sem títulos, segue:

1

1

2

2

3

3

4

4

5

5

6

7

7

8

boa noite e fuuuui!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s