Baixar-Livro-O-Estranho-Misterioso-Mark-Twain-em-PDF-ePub-e-Mobi-370x528

5 livros que você DEVE ler e um bônus, todos completamente insanos!

todo mundo tem uns livros aqui e acolá que recomenda por aí e, com uma caralhada de anos de blog, eu nunca havia feito isso; resolvi, então, por força da vontade e do amor que tenho convosco, colocar uma pequena lista de 5 livros que eu li, gosto e recomendo, para mostrar às pessoas que, sim, tem gente muito melhor que a gente por aí e que deixou isto em palavras, escrevendo as coisas certas para que apenas precisássemos pegar e ler; segue:

1 – Clément Rosset; o Real e o Seu Duplo

972703_807

este é para os nobres corações que estão dispostos a uma pequena e agradável leitura sobre o processo de duplicação do real: um propósito de que e nós, indivíduos, recorrentemente encaramos o real em duas apresentações – aquilo que é e aquilo que imaginamos ser – de modo conflitante, colocando daí uma ideia de que os aspectos vividos não são tão reais assim, justamente porque acreditamos não sê-los no que gostaríamos que fosse no que imaginamos dos mesmos.

2 – Nietzsche; Genealogia da Moral

Download-Genealogia-da-Moral-Friedrich-Nietzsche-em-ePUB-mobi-e-PDF-370x537

talvez o livro mais pungente de todos os pungentes do autor, é aqui que ele coloca a pá de cal no mundo Ocidental: toda sua crítica à moral e formulação histórica nos reflexos de grupo e sociedade formam ao filósofo uma METRALHADORA DE CRÍTICAS – as vezes, inclusive, incompreendidas ou pouco vistas até hoje -, apontando para nossos desvios moralistas como um processo no qual enredamos uma realidade distorcida do que poderíamos ser e não somos, enquanto sociedade, justamente porque continuamos, em cada medida, sujeitos expressos em figuras ressentidas.

3 – Didi-Huberman; Sobrevivência dos vaga-lumes

SOBREVIVENCIA

o jeito que Didi encara a arte e, sobretudo neste livro, é um vislumbre não apenas sobre a analítica do objeto como produto final, mas também como algo além: um elemento que reverbera na humanidade e reflete nela ao dispor da mesma uma interpretação a seus aspectos pouco comentados no homem como um reflexo de atos na criação: o autor efetivamente transforma os elementos das obras comentadas em possibilidades, motivos no qual entendemos e olhamos aos prospectos impressos entre homem x mundo, uma coletânea de experiências que coloca a peça artística como um produto, de fato, da época – do seu tempo.

4 – Mark Twain; O Estranho Misterioso

Baixar-Livro-O-Estranho-Misterioso-Mark-Twain-em-PDF-ePub-e-Mobi-370x528

este é um livro de vários contos, mas se você estiver sem paciência leia apenas a minha indicação: talvez seja a obra de ficção mais fatalistamente niilista que alguém já produziu, permeando um olhar um tanto quanto simbólico sobre interpretações vistas numa criatura fantástica e até divinal, para poder realocá-la numa interpretação um tanto quanto horrível e real de mundo, num destino cruel porém verdadeiro no qual todos estamos presos e que não poderíamos escapar, não fosse encarando os eventos como eles só poderiam acontecer de um jeito.

5 – Fernando Pessoa; O Livro do Desassossego

1414809

este livro poderia ser considerado como um monte de aforismos-poéticos enquadrados diante de uma mesma narrativa, mas é mais que isso. em uma perspectiva melhorada, garanto que talvez seja um dos livros com melhores ‘pensamentos soltos’ da história: muitas frases e estruturas dispostas a colocar o leitor em contato com conflitos não apenas poéticos, mas também filosóficos, na pele de uma desconstrução sob a forma de uma escrita sem continuidade aparente – mas que registra neste caso a propriedade de uma unidade justamente por isso: todos os mistérios da vida são, aqui, vistos com a classe do poeta.

bonus: Manoel de Barros; Livro das Ignorâças

manoel-de-barros-o-livro-das-ignorãnças

um pequeno livrilinho de poemas que todos deveriam ler para entender o autor, mas também a obra separada em si; uma viagem astral pela forma, conteúdo e motivações poéticas na criação e elaboração de análises divertidas, através desta louca rede de pensamentos dispersos e incríveis do poeta; olhar a vida na desconstrução de imagens, gramática, movimentos, sob pequenos espaços que se justificam em palavras encolhidas e reinterpretadas ao prazer do estilo.
e eras isto, galera. leiam mais e venham aqui comentar! fui!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s