snip_20151120104101

5 pimentas pra você combinar com qualquer comida do mundo

snip_20151120104101
eu sou um aficcionado por pimenta – especialmente as nacionais – muito, assim sem medo, tanto pelo sabor quanto pela ardência; a pimenta é um prazer soberbo não só pelo que adiciona à comida em termos de gosto e diferença, como também libera endorfina no corpo; não só isso, é rica em vitaminas e previne alguns tipos de câncer. ela ajuda a emagrecer e é um dos itens mais utilizados na culinária do planeta: por isso, não é ‘só’ uma ardênciazinha, mas uma referência completa. o que poucas pessoas sabem é que existe uma infinidade monster de pimentas no Brasil – e um dos maiores especialistas do mundo é daqui, também (cliquem no link e vejam); somos referência no consumo e temos algumas das melhores pimentas plantadas no mundo, inclusive aquela criada pelo próprio Fábio Tuma, conhecida como VICNIC 1313. por isso, eu resolvi fazer a lista das minhas cinco pimentas favoritas e motivos; sem mais delongas, segue:

1 – Habanero

habanero
eu sou fã dela pelo meio termo que ela representa: embora tenha uma boa ardência para os mais fracos, ainda assim, não é das mais fortes do mundo; ao mesmo tempo, possuí um sabor e aroma muito característicos. dentro das que já experimentei, considero o conjunto de cheiro/sabor da Habanero um dos melhores, quase como se fosse o de um pimentão concentrado e mais ‘tropicalizado’, um aroma mais leve e refrescante, menos intenso, combinando muito com carnes e também saladas. fica ótimo em tudo, além de ser muito bonita em estética – muita gente usa, também, para fazer conserva; recentemente eu encontrei pra vender uma pimenta supostamente conhecida como ‘habanero creme’, nunca tinha visto por aí, mas é muito bonita; na foto inicial do post dá pra ver ela, ali, é a bem clarinha e redonda.

2 – Malagueta

pimenta malagueta
dentro das mais conhecidas e comercializadas nacionalmente, é a minha favorita; ela não é muito forte, embora já dê uma ardência boa, mas o que mais gosto é que ela possuí um gosto ‘avinagrado’ que eu acho maravilhoso, combinando muito com a comida baiana e mineira (que eu gosto muito); além disso, a Malagueta combina muito com conserva de vinagre, dando uma intensificada muito gostosa no sabor. por ser pequena,  é muito prática para molhos, o que explica porque os baianos utilizam muito: vai no acarajé, vatapá, em tudo que der e fica ótima com dendê também. uma curiosidade é que os nossos índios Macuxi tem até música citando ela!

3 – Bhut Jolokia

BhutJolokia09_Asit
considerada uma das mais fortes do mundo – a terceira entre todas – a Bhut não é apenas uma pimenta de fazer chorar o mais resistente dos cabras, ela também é maravilhosamente gostosa; ela possuí um certo sabor defumado/adocicado, uma coisa bem difícil de definir que, antes da estrondosa ardência que queima toda boca, produz um gosto muito bom para qualquer prato – combinando MUITO com molhos de tomate, catchup e afins; pessoalmente, eu gosto dela, também, misturada com hortelã, porque dá um equilíbrio bacana entre doce + ardência + refrescância; ta aí uma pimenta que vale ter sempre, mesmo que poucas unidades, porque rendem muito.

4 – Dedo de Moça

0,,69825986,00
outra que é produto brasileiríssimo, é considerada da escala das ‘fracas’ e quase não arde, mesmo pra quem come pouca pimenta; bem leve, o que prevalece é o sabor, que é uma delícia; com um forte gosto de fruto concentrado, parecendo também com o pimentão, produzindo um gosto especial a muitos pratos – especialmente os mais adocicados e que combinem maçã, pois Dedo de Moça e maçã se complementam perfeitamente; eu confesso que gosto de misturar muito a Dedo de Moça com porções de Malagueta, porque acho a combinação de ambas também muito boa: enquanto a Malagueta dá mais ardência e um sabor mais avinagrado, a Dedo de Moça ‘equilibra’ tudo com uma consistência mais amarga, mais crua, como se fosse outro elemento da comida.

 

5 – Pimenta Rosa

pimenta-rosa-perfumada-bonita-e-aromatizante
um fato curioso: a Pimenta Rosa não é propriamente nem uma ‘pimenta de verdade’ (ou seja, da família das capsicum), mas sim um fruto da Aroeira; ainda assim, muito, muito, muito gostosa; com a ardência quase inexistente, ela possuí um cheiro maravilhoso, muito intenso que lembra o campo, abrindo as narinas e dando uma boa fragrância na comida; esta é uma pimenta muito boa não apenas para dar gosto, mas principalmente para dar um aroma delicioso aos pratos. combina muito bem com as outras pimentas, também, justamente pra dar um cheiro mais diferenciado.
e eras isto, galera; quem quiser conhecer mais sobre pimentas, assista os vídeos do canal que eu indiquei e experimentem! é um produto muito fácil de se achar pelo Brasil; não fiquem só nas que eu indiquei porque há muitas outras: Rocoto, Moruga, Carolina etc. procurem! boa tarde e fui!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s