Meu caro amigo

Daí que faz uns 3 anos e pouco, um grande amigo meu se mudou para Sydney, na Austrália. Como mais um dos milhões de brasileirinhos abalados pela desigualdade latente do nosso grande país tropical, meu amigo foi tentar a sorte do outro lado do mundo, para ver se ficava milionário e retornava para cá podendo curtir a vida tal qual Thor Batista faz. Não aconteceu assim, ok, e ele ainda não está milionário, mas ele resolveu retornar, depois de muito tempo.

Sidney-1

Eu me peguei pensando, afinal, “porra, faz mais de 3 anos, quase uma Copa do Mundo, este tempo vale uma vida, coisa pra caralho“. De lá pra cá, Porto Alegre mudou muito das maneiras mais bizarras: sofreu nas mãos do nosso querido prefeito, se afundou com as obras da Copa, o trânsito piorou exponencialmente e a taxa de homicídios, agora, é maior do que a de Bogotá. Imagina o cara lá do outro lado do mundo, feliz da vida numa cidade com desigualdade social quase nula, gente do mundo todo, megalópole cosmopolita, várias línguas, vários povos, loucura loucura loucura…aí volta para Porto Alegre, na Província de São Pedro.

Imagina o baque mental que deve ser, do nada, fazer esta mudança radical; o efeito inverso – sair de Porto Alegre e ir para Sydney – é muito positivo, há toda a surpresa da novidade e da vontade de ir para um lugar melhor, mas e a volta, como é que fica? E é por isto que eu resolvi prepará-lo para o baque, diminuindo o impacto da mudança de ambiente repentina e já “arando o solo” para quando o cidadão chegar aqui e se por em frente ao Madmax gaudério que vem se tornando a nossa amada querência.

Como ninguém mais se corresponde por cartas, resolvi adaptar a parada. A ditadura acabou, mas resolvi homenagear um grande músico. Uni as duas coisas e criei uma página no Facebook, intitulada de “meu caro amigo“, justamente para atualiza-lo constantemente com as mais bizarras informações, fotos e vídeos da nossa querida terra do céu azul, dando continuidade à famosa canção, contando os causos em forma de prosa (ou sei lá qual é o nome disto). Assim, espero, quando chegar aqui, meu caro amigo já saiba o que lhe aguarda.

Sem mais delongas, só isto. Quem quiser curtir, também, só clicar aqui e já era. Fui!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s