10 memes que eu não vi moral

Como evidenciei no post do dia 17 de fevereiro, a internet é um antro de malucos e maluquices. E é por isso que, neste mundo bizarro de descontrole total, há uma série de coisas que, não adianta você fazer forças, você nunca compreenderá. É o caso de determinados memes que surgem por aí.

memes-papel-de-parede-para-seu-4389131

Para quem (ainda) não sabe, meme é um termo utilizado desde 1976, para catalogar uma informação que se passa de uma maneira quase simbiótica de uma pessoa (ou mente) para outra pessoa (ou mente). No mundo da internet, meme virou todo e qualquer tipo de porcaria que se “viraliza” de maneira rápida e sem muito critério. Basicamente, tudo aquilo que nós mostramos a alguém, que vai mostrar pra outra pessoa, que vai assim até todo mundo conhecer, como o caso famoso de Dramatic Chipmunk, ou o Keyboard Cat.

Há vários memes que você olha e na hora saca o grau de humor da parada; mesmo que não seja o seu time de humor, ainda assim você consegue compreender aonde está a graça daquilo. Mas, há uma série de supostos memes que estão aí e sempre me geram a mesma cruel dúvida:

– Caralho, como alguém pode gostar desta coisa????

Enfim, esta é uma lista para este seleto grupo de coisas populares e bizarras. Sem mais delongas, segue:

1 – Harlem Shake

Ta aí a mais nova sensação da web e a minha mais nova dúvida. Não entendi muito bem toda a vibe de espalhar isto aos 4 cantos e ser um dos vídeos mais vistos do Youtube. É diferente, ok, é engraçadinho, ok, mas para aí. Não tem todo este critério pra virar um fenômeno mundial e a galera curtir como se fosse a coisa mais incrível do universo. Totalmente sem noção, Harlem Shake é o primeiro a encabeçar minha lista.

2 – Gangnam Style

Este caso é mais controverso. Eu nem acho-o ruim em si. Era uma música mediana com um clipe estranho, como o caso de, sei lá, outros 3 milhões de vídeos no Youtube (quer um exemplo, clique aqui). O que me gera dúvidas é justamente em entender como que este virou o vídeo mais assistido do Youtube de todos os tempos, se a diferenciação dele para tantos outros clipes (principalmente orientais) é praticamente nula. Completamente inexplicável.

3 – Gina Indelicada

Gina_página

Gina Indelicada eu sempre achei horrível. Humor péssimo, ideia péssima, simplesmente sem sentido algum. Viralizou assim, do dia pra noite e virou um ícone do humor nacional facebookiano sem sequer ter graça. Piadas de taxista, de padeiro, aquelas coisas que a gente ouve um milhão de pessoas contando e, não sei como, neste caso virou “novidade”. Dá vontade de fazer um perfil do tiozão da família que sempre faz a piada do “é pavê ou pacumê” e jogar na internet, porque o nível é o mesmo.

4 – Numa Numa

Este foi um dos primeiros memes e já me deixou confuso. Muito sem moral, é apenas um cara estupidamente gordo dançando em frente a uma webcam, sem graça, com uma música ruim e nem sequer é carismático. Nunca entendi como este meme alcançou as proporções que alcançou e, alias, como até hoje é lembrado na web e conta com o histórico de “um dos primórdios da internet”. Tosco.

5 – [alguma coisa] + Autotune

Este nunca vingou muito no Brasil, mas era sucesso lá fora. A nossa versão nacional para este meme é o [alguma coisa] + funk que, convenhamos, é muito melhor. Na versão gringa os caras pegam qualquer vídeo tosco e tacam batida, Autone e divulgam por aí. Eu confesso que acho Autotune um lixo completo e, mesmo com toda produção das músicas, fica tudo escroto e sem graça. Não tem um charme de Funk do Ai que susto, ou Funk do Jeremias muito louco. Neste ponto, brasileiros sabem explorar muito melhor a criatividade virtual.

6 – Hitler em “A Queda”

Este eu até gostava. Quando divulgaram os primeiros vídeos colocando legenda e fingindo que Hitler estava falando um assunto completamente aleatório, va lá, era engraçado. Mas aí começaram a fazer pra tudo, pra time de futebol, pra fofoca de TV, pra briga, pro amigo do trabalho, pra isso, pra aquilo, quando viu tinha um milhão de vídeos sobre O MESMO tema. E aí, não tinha mais graça, era só repetitivo.

7 – Frases apócrifas

30012011130

Este é controverso, mas eu considero um meme. Alias, um dos mais compartilhados. Todo mundo conhece alguma pessoa (ou várias) que compartilha aquelas frases completamente aleatórias, atribuídas a Bob Marley, Gandhi, Chaplin, Clarice Lispector, Caio Fernando de Abreu e outros. Este meme, além de tosco, é completamente vergonhoso. 99% destas merdas sequer foram escritas pelas pessoas que são atribuídas (e basta uma rápida pesquisada para confirmar), mas tá lá, todo mundo repassando igual máquina, com um fundo de praia e uma mensagem bonita.

8 – Perfis de jogadores de futebol

580787_140385432794470_1270394382_n

Este é um completamente nacional, imagino eu. É só entrar no Facebook e ver. Há uma quantidade enorme de perfis de jogadores falsos, escritos meio errados, do naipe de Cersibon só que umas 300 x menos engraçado. Eu não vejo nenhuma moral nisto, pegar um perfil de jogador, ou técnico, assumir um personagem e ficar horas por dia postando besteiras, sem a menor graça ainda. Cúmulo da desocupação.

9 – “Gokuismo”

papel-de-parede-goku-14

Outro que eu imagino ser apenas nacional. Gokuismo começou com uma piadinha legal sobre atribuir Goku (personagem do DragonBall) como um suposto Deus. Mas aí desandou, fizeram uma religiãozinha tosca que é de brincadeira, ficam repassando correntes, ficam falando merdas, só falam de DragonBall, agem como retardados, escrevem “kamém” (referência a amém) em comentários, enfim, idiotizaram total.

10 – Creepypastas sem noção

creepypasta_wallpaper_by_bobombdom-d5gt22r

Este entra na mesma vibe do caso do “Hitler e A Queda“. Eu confesso que me amarrava um monte em Creepypastas (alias, vou fazer um tópico sobre isso), quando as histórias eram bem boladas e construídas, como no caso de Pokémon ou CandleCove. Mas aí virou moda fazer Creepypastas, começaram a fazer milhões delas sobre tudo – e sempre com as mesmas histórias; quando eu fui ver, praticamente todos os programas de TV ou jogos famosos tinham sua Creepypasta, a maioria sem graça e apenas estúpida demais para ser lida.

Bom, galerinha. Por enquanto é isto. Leiam, assistam e continuem comentando no blog! Fui!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s