Lendas Urbanas – A bola do Velho Barreiro

velho_barreiro

Daí que eu estava tomando minha cervejinha gelada, vendo o episódio final da segunda temporada de American Horror Story, relembrando de um causo antigo do futebol de várzea (mais especificamente na Copa Paquetá, entre Flamenguinho da Tuca x Botafogo da Restinga), quando me veio aquela luz mágica na cabeça. Um daqueles momentos únicos, um estalo de memória aonde você se lembra de algo marcante que passou por seu passado e estava adormecido, ali, esperando para acordar e encontrar o seu destino. No meu caso, foi esta fantástica promoção do Velho Barreiro:

velhobarreiro_promo

Eu lembro que a primeira vez que eu vi esta promoção, eu achei legal. A segunda vez, eu achei genial. Agora, olhando anos depois, ela não parece apenas genial, mas uma obra de arte suprema, tal qual A Mona Lisa, ou a Capela Sistina. O cidadão – ou o grupo – que criou tal publicidade deveria ser exaltado, tipo um herói, reconhecido em praça pública com estátuas e marchinhas de carnaval. A ousadia da ação constituía em proporcionar a oportunidade de algum nobre guerreiro beber cerca de 163 LITROS DE CACHAÇA, mas não satisfeita com seu desafio primordial, ainda contava com um pequeno acréscimo, para tornar o conjunto da obra mais edificante: o guerreiro deveria pagar uma taxa de R$ 1,50 para descolar o seu prêmio maior, a incrível bola do Velho Barreiro.

Neste ponto, eu me peguei pensando, cá com os meus botões. Se quem fez a promoção é um herói, quem descolou esta bola é um herói em dobro! Resolvi ir atrás destes poucos e destemidos cidadãos que ousaram desafiar as 180 garrafas de Velho Barreiro em busca de um ínfimo, mas valioso troféu.

E foi aí que eu encontrei minha decepção…nada. Nenhum registro sequer na internet. Nem no Google, nem no Youtube, nem MercadoLivre, nem em imagens, nem em vídeo, nem porra nenhuma. Aparentemente, ninguém ganhou a bola. Logo, pensei: “Será? Será que ninguém foi homem o suficiente para arrematar esta bola?“, mas fui barrado pela falta de provas, para tirar conclusões maiores. Aparentemente, quem ganhou, não compartilha o segredo. Isto, claro, partindo do princípio que HÁ um ganhador, porque no ano seguinte eles REPETIRAM A PROMOÇÃO (logo, a primeira deve ter sido um sucesso):

velho barreiro

E é com este intuito que, pela primeira vez neste blog, eu lanço um tópico interativo: AONDE ANDAM OS GANHADORES DESTA PROMOÇÃO?

Se alguém me mandar uma prova cabível, foto, vídeo, o que for, eu público aqui no blog, com pompas de campeão, para aquele indivíduo que bravamente honrou o desafio da cirrose e, sem maiores medos, conquistou a pelota mais desejada do planeta. Ta aí; quem encontrar algum vestígio de vencedor, pode mandar. Vamos honrar estes heróis anônimos que estão escondidos no nosso Brasil varonil.

Boa noite e fui!

Anúncios

Um pensamento sobre “Lendas Urbanas – A bola do Velho Barreiro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s