O meu final de Avenida Brasil

É novela, foda-se. Todo mundo viu a última semana, quem não viu está mentindo. Avenida Brasil teve seus méritos, sim, principalmente neste mundo obscuro e repetitivo de novelas iguais; trouxe alguns novos olhares para este tipo de programa que, até então, tinha um público alvo bem específico: vovós e donas de casa.

A inclusão de personagens dúbios, de histórias mais “densas” e a participação espetacular de alguns atores – como o José de Abreu, na foto aí de cima – trouxeram uma dinâmica meio “série americana” para a novela, que justamente, acabou agradando gregos e troianos, fez a galerinha acompanhar até o último segundo e, claro, refortaleceu um gênero que ano a ano perdia Ibope e estava estagnado na mesmice. Mas, Avenida Brasil também teve seus momentos de “novela velha” e, como padrão do gênero, não perdeu a oportunidade de ter um finalzinho água com açúcar para agradar as titias e todo mundo acabar feliz com a sua condição humana. Pecou aí, poderia justamente chutar o balde e extrapolar o limite do tédio, causar e ter um final épico; mas garantiu o seu porto seguro. Como já era um fenômeno, mesmo antes do final, não arriscou. Em time que está ganhando não se mexe, afinal.

E é por isso que eu resolvi fazer o meu final, como realmente deveria ter sido, muito mais sagaz e inovador. Segue:

O FINAL DE AVENIDA BRASIL, POR ALISTADELUCAS:

O primeiro ponto, para considerar o meu final, seria efetuar algumas mudanças nos capítulos anteriores.

A primeira mudança seria sobre o passado de Nilo e Santiago. Na verdade, quem matou a mãe de Carminha teria sido Nilo, em uma vingança pela morte da filha. Por isso, Santiago teria todo o desprezo de Nilo (que o chamava de Diabo). Santiago, além de ser o amante de sua mulher (Lucinda), teria visto o assassinato de Virgínia (Mãe de Carminha) e o chantageava desde então. Santiago, por sua vez, embora cínico e dissimulado, não seria tão mal quanto os episódios finais mostraram. Suas únicas contravenções teriam a ver com a exploração de Nilo, que por isso, teria se afundado na vida e acabado no lixão.

O segundo ponto sobre a mudança, seria sobre a morte de Max (e aí que minha trama fica muito melhor que a original). Na verdade, devido aos anos de pressão por Santiago, os desvios e desrespeitos de Max, assim como o medo do filho se afundar e fazer uma grande besteira, Nilo teria sido o responsável pela morte de Max. Com uma mistura de pena e misericórdia, Nilo resolve dar cabo do filho para que ele não saia de si e não faça mais besteiras. Como ninguém tinha visto, a morte de Max era um mistério. Nilo, claro, sabia da verdade. No entanto, Nilo, fora de si, não associava o assassinato do filho a si mesmo; na sua cabeça deturpada, Nilo tinha a ideia de que todos da família Tufão e Carminha teriam levado Max a sucumbir. Sendo assim, a culpa da morte do filho era de fato deles.

max

Após o enterro de Max, Nilo some totalmente; ninguém sabe seu paradeiro. Seu objetivo: concretizar a vingança do filho, destruindo a família Tufão e dando fim em Carminha.

Nilo vai atrás de Santiago. Sendo o único que sabe da morte da mãe da Carminha, Santiago seria sua primeira vítima. A ideia era mata-lo para, desta forma, cumprir dois objetivos:

1 – Vingar-se de Carminha, que ficaria sem pai;

2 – Ameaçar a própria Carminha, mostrando que, assim como matou o pai, poderia matar ela, também;

E ele faz. Nilo invade sorrateiramente a casa de Santiago e o mata. Carminha chega e percebe a situação, com Nilo matando seu pai. Nilo negocia a ideia de vingança – para assim acabar com a família Tufão. Carminha nada podem fazer e, com um certo misto de ódio (já que nunca foi muito amável com Santiago) e tristeza, Carminha resolve participar da vingança, para poder acabar de vez com a família Tufão e vingar o fato de ter sido expulsa de casa.

O plano dos 2 é simples: Carminha sabe do lançamento do Shopping da família Tufão, sabe das datas e do local. O plano constituí em um ardiloso projeto de vingança “olho por olho“; como as casas do lixão tinham sido queimadas na morte de Max, a ideia seria trancafiar as saídas do salão de eventos e, da mesma maneira, queimar todos os envolvidos lá dentro. Assim, Max seria vingado, a família destruída e todos os 2 (Nilo e Carminha) seriam cúmplices, não podendo acusar um ao outro.

Tudo ia bem e o plano estava a ser realizado, como nos conformes; todos no salão, as saídas bloqueadas e Nilo pronto para atear fogo em tudo. No entanto, Carminha lembra de um detalhe: Ágata está na festa e irá morrer junto com os outros convidados, o que a impede de concordar com o plano, mas sem contar para o comparsa, temendo pela sua vida.

É neste momento que a história muda. Impedindo que o processo se finalize, Carminha corre para dentro do salão (desbloqueando a entrada), para avisar Tufão. Chegando no local, Nilo já está colocando o plano em prática e o salão já dá os primeiros indícios de incêndio. Carminha avisa Tufão que, ainda assim, desacreditado, resolve tirar todo mundo de lá.

No meio do processo, percebendo a movimentação e o plano frustrado, Nilo saí de si. Querendo a vingança, Nilo parte para cima dos  convidados – em especial Tufão – ameaçando-o com uma faca. Todos apavorados com o fogo consumindo o local e tentando fugir, com Tufão imobilizado e ameaçado, o caos acontece e o desespero toma conta. Repetindo o descontrole de Max, é a vez de Nilo se ver na mesma situação, em meio ao terror dos envolvidos, ameaçando matar todos e, principalmente, vitimar Tufão, cortando seu pescoço com a faca.

Clima de suspense, todos apavorados, Nilo com a faca no pescoço de Tufão, o fogo consumindo tudo, desespero total de todos os convidados, sem ter muito o que fazer. É neste momento que Carminha, movida pelo bom senso e tentando ser desculpada pela família, resolve ir para cima de Nilo, conseguindo desatar Tufão de seus braços e iniciando uma luta corporal. Ambos tentando se acertar, Nilo e Carminha, acabam se emaranhando nas chamas do incêndio. Tufão tenta impedi-los, tenta tirar Carminha e salva-la da morte, mas não consegue, porque as chamas já estão altas o suficiente para queimar quem tente entrar. É o fim dos dois, Carminha e Nilo. Após o incêndio apagado, devido a gravidade do fogo, nenhum corpo é achado.

3 ANOS DEPOIS

Passam-se, agora, aqueles momentos felizes de final novela. Os casais com filhos, todo mundo resolvido. Tufão e Monalisa juntos, Cadinho e suas mulheres, Darkson, Leleco, Jorginho e Nina, todos felizes e celebrando o fim do passado conturbado. A família Tufão, então, aparece comemorando seus bons anos em uma casa de campo gigantesca, longe dos problemas enfrentados nos anos da cidade. Todos reunidos, lá, alguns amigos do Divino, familiares, filhos, celebrando felizes e cheios de saúde a calmaria da nova mansão.

É neste momento que a câmera se afasta lentamente, dando sinal de que a novela está acabando. A câmera vai cada vez mais e mais ficando longe da família e mostrando tudo já em “plano geral“, quando de repente vemos um vulto passando a frente da câmera. Após o vulto, a risada característica é ouvida “hi hi hi“.

FIM

Sejamos sinceros, meu final de novela foi muito melhor. Deixou uma dúvida pertinente, teve morte, sequestro, reviravoltas e um mistério suspenso, ao qual tudo pode acontecer. Eu tenho futuro para novelas, fala sério.

Por enquanto é isso, galera. Sigam-me e comentem! Até a próxima!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s