As 7 melhores propagandas de futebol

Outro post sobre o mesmo tema.

agencia-brasil261011ant_9863 (1)

Qualquer um que acompanha o futebol por dentro, sabe que a hiper-comercialização cagou com o mesmo. Se hoje em dia temos um jogo elitista, caro, com proibições a qualquer tipo de manifestação popular (torcedora), muito se deu aos mandos e desmandos da FIFA, que não defende o interesse do esporte como um todo, mas sim o direito dela mesmo de ganhar uns trocados a mais.

Sugiro, para quem se interessar, a leitura do livro famoso (e que a FIFA tentou proibir), chamado JOGO SUJO, do jornalista inglês Andrew Jennings. No livro, ele argumenta sobre as falcatruas homéricas da FIFA, ISL, ADIDAS, entre outras, para constituir um império lucrativo de lavagem de dinheiro, compra de votos e, inclusive, ameaças pessoais; tudo com dinheiro originário do futebol. Mas não só estas empresas descritas no livro, há também maiores problemas com as outra marcas e escritórios comerciais que transformam clubes e jogadores “reféns” de tudo, através de acordos malucos e transações que só favorecem uma pequena parte. A exemplo, o famoso caso conspiratório da Nike e a Copa de 98, ou dos clubes brasileiros e suas categorias de bases, vendidas a poucos (e sempre os mesmos) empresários, que mandam e escalam os times como querem.

No entanto, nem sempre os caras fazem cagadas desproporcionais. As vezes eles acertam e sabem usar a essência do futebol para fazer algo de útil e bacana. Muitas vezes, na parte visual, com propagandas muito bem boladas. Então, resolvi aproveitar este espaço que é meu, para mostrar as 7 propagandas envolvendo futebol que eu julgo muito boas. Algumas sobre torcida, outras sobre o jogo, cada qual muito bem bolada, sem aquela frescurite excessivamente técnica e tentando tranformar o futebol em um circo de cabelos, chuteiras e acrobacias ridículas.

Mastercard, Amar o futebol não tem preço

Essa aí veio da campanha do Mastercard – Não tem preço, famosa uns anos atrás. Volta e meia eles se dedicavam a prestar atenção no futebol e faziam uns comerciais muito bacanas. Gosto muito do primeiro (da prisão), em especial, pela mensagem passada. Mas o do gurizinho também é muito legal. Realmente conseguiram captar o sentimento do futebol como esporte, sem muitas delongas. Um gol muda toda história, não é? Não importa quem faça, gol é gol. Enfim, seguem aí os 3 comerciais desta campanha que eu acho os mais bacanas.

Quilmes, Comerciais para Seleção Argentina

A Quilmes sempre lança uns comerciais do caralho na Copa. A Argentina pode não ganhar merda nenhuma faz muito tempo, mas os comerciais sempre são muito bem bolados. Eu estava lá na Copa de 2006, em Buenos Aires, no jogo Argentina vs Mexico, que eles ganharam na prorrogação com um golaço. A cidade fica exatamente igual aos vídeos, parada para a festa, como se fosse título; loucura, loucura. Os caras sabem comemorar, sabem torcer, é uma coisa única no mundo. E isso que a seleção tá na merda há anos, imagina se estivesse bem. Enfim, não é como presenciar ao vivo, mas os comerciais nos dão um belo gostinho do que os argentinos fazem toda as vezes, de 4 em 4 anos.

Coca-Cola, Yupanqui – a menor torcida da Argentina

Outro da Argentina, em especial de um clube. Não, não é fictício, o Yupanqui existe mesmo. O menor clube da Argentina, a história que é retratada no vídeo é plenamente real. Os torcedores do time são esses aí, as vezes um pouco mais, mas viajam para ver o time num Fiat 147 ferrado, por toda a Argentina. Não ganham nada faz anos, só tomam pau, jogam a série D de lá, mas a menor torcida da Argentina está presente, fiel sempre. Como diz o final “Aguante Yupanqui: fuerza, pero no con menos pasión“. Ver esses vídeos me lembra um texto que um camarada juventudino (paulista, não de caxias) me mandou uns anos atrás. Leia aqui. Muito legal.

Umbro, Uma homenagem ao carrinho

Que as empresas adoram homenagear dribles, lances bonitos, todo mundo sabe. Mas nenhuma empresa se deu ao trabalho de homenagear o (talvez) lance mais antigo do futebol, nosso querido e eficiente carrinho. Pois a Umbro resolveu fazer uma bela homenagem audiovisual: dois carrinhos bem aplicados, puramente na bola. Coisa linda. O vídeo, ainda, com um ar meio tranquilo, calmo, como se fosse um lance normal.

E ainda temos que aturar aqueles babacas, estilo Tiago Leifert e PC Gusmão da vida, falando merda na TV, tentando destituir completamente a virilidade do futebol, porque eles foram criados jogando video-game e acompanhando o futebol do sofá, acham que carrinho é coisa violenta, naquela choradeira semanal na Globo e SporTV.

Puma, Hardchorus e The European Song Contest

Ta aí um bem boladíssimo. No ano de lançamento do comercial, o dia dos namorados na Europa (que é diferente do Brasil), iria cair no dia dos derbys (clássicos) locais. Como conciliar os dois? Gravando uma canção romântica das torcidas às suas respetivas cônjuges. Foi o que a Puma fez. Perdoe nós, por este dia, não poderemos estar com vocês; no entanto, amamos igual.

O negócio virou tanta febre que a Puma gravou vídeos com os próprios torcedores na beira do estádio realmente no dia do jogo, assim como resolveu ampliar depois e fazer o European Song Contest, com as torcidas de vários cantos da Europa fazendo suas homenagens cantadas, como essas aí de baixo:

A Puma já fez muita merda, destruiu a camiseta do meu time por 3 vezes, mas nisto aí acertou bonito. Ficou do caralho.

Editado, às 17h de 13/02/2012. Seguem, dois vídeos que eu tinha esquecido desta campanha:

Nike, Bombonera Falando

Até a Nike já acertou, quem diria, eim. Este comercial foi gravado logo após o River cair, naquele fatídico dia em Buenos Aires (2011), para os torcedores (e jogadores) do Boca. Meio que em tom de alerta, uma coisa meio triste, fazendo um paralelo bem bacana da situação do maior rival a do time em questão. O interessante é que, teoricamente, é uma “resposta” do próprio estádio, se preocupando com tudo que aconteceu, com tudo que poderá acontecer, dando um “aguante” para o Boca e sua torcida, inspirando-nos. Bem bolado.

Brahma, Guerreiro/Amar o futebol

Sejamos sinceros, no Brasil nunca se preocuparam em fazer propagandas de futebol legais. Sempre se apegavam as mesmas merdas, ou piadinhas infantis, ou comparações idiotas com a Argentina. Era tudo um grande lixo, digna de humor do Zorra Total.

Mas, na última Copa, a Brahma resolveu fazer uma campanha muito bacana para a Seleção…e parece que deu continuidade. O primeiro vídeo é o mais recente, no pós-Copa e visando as torcidas brasileiras; o terceiro é um curta sobre os torcedores da Portuguesa, um projeto bem feito mesmo. Muito legal essa ação deles, espero que continuem assim e parem com as piadinhas de latinha e cabelo, porque o público brasileiro tem mais que cinco anos mentais.

Bonus: um extra, para vocês

TyC, Es cultural

Fato: se houvesse uma Copa do Mundo de comerciais de futebol, a Argentina seria campeã sempre. Mais um comercial deles, muito interessante, fazendo um comparativo entre cidades europeias e os seus costumes sociais plenamente corretos com a bagunça da América Latina. Logo após, ai sim, fazendo uma comparação dos europeus pagando um pau do caralho para as hinchadas (torcidas argentinas), fazendo a comparação exatamente oposta ao começo.

Bom, galerinha, é isso.

Na sequência volto mais com o mesmo assunto!

Acessem: www.frentedostorcedores.com.br

Acessem²: http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-15/carta-da-inglaterra/o-esporte-que-vendeu-a-sua-alma]

Acessem³: http://www.transparencyinsport.org

Anúncios

Um pensamento sobre “As 7 melhores propagandas de futebol

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s